|domingo, 24 Junho 2018

    Vítimas de furacão relatam momentos de tensão e destruição

    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Divulgação

    Família Bandeira

     

    Depois de vivenciar momentos de tensão na ilha caribenha de Tortola, devastada pela passagem do furacão Irma na semana passada, as cuiabanas Samara Cristina Nunes Bandeira, 17, e Sara Cristina Nunes Bandeira Joseph, de 24 anos, com o filho de 1 ano e 8 meses, puderam, enfim, serem reconfortadas com o carinho da família.

    As irmãs aterrissaram no aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, na manhã desta quarta-feira (13), foram recepcionadas pelos familiares e seguiram direto para a casa dos pais, em Cuiabá.

    Casada com Marvin Joseph, morador local, Sara reside na ilha há cinco anos e, apesar do susto, pretende voltar tão logo os serviços por lá se normalizem, o que deve ocorrer em até 4 meses, conforme as autoridades.

    “Como tenho filho pequeno, não tinha como ficar lá. Falta energia elétrica, água, os atendimentos de saúde estão precários, o comércio não funciona, enfim, muita coisa precisa ser reconstruída. Mas temos certeza que a ilha ficará mais bonita que antes”, contou.

    A casa onde ela vivia com o marido foi totalmente destruída, assim como um dos três carros do casal, que trabalha no ramo de limpeza de estofados e carpetes. Evangélicos, eles se conheceram em Cuiabá, durante um intercâmbio entre missionários das igrejas. 

    Ela relatou que o governo local confirmou aos habitantes sobre a passagem do furacão pela ilha com apenas dois dias de antecedência. Porém, o alerta já vinha sendo dado três dias antes. O Irma, na categoria 5, a de maior destruição, passou por Tortola na última quarta-feira (6).

    Segundo Sara, que buscou refúgio com o marido, o filho e a irmã em um hotel, a passagem do furacão pela ilha durou 5 horas. “Como muita gente mora nas montanhas ou perto do litoral, em casas de madeira, os hotéis foram muito procurados como abrigo”, explicou. “Nós só levamos roupas, comida e água, mas vamos nos reerguer”.

    A família, quando da passagem do furacão, procurou ficar no banheiro, e em oração. “Não ouvíamos mais nada além do barulho do vento, que era muito forte. Meu marido chegou a ver, pela janela, casas sendo destelhadas, tendo as janelas quebradas, pessoas correndo pela rua. Foi o momento de maior medo, mas felizmente nada nos ocorreu”, detalhou Sara.

    Ela havia estado em Cuiabá há três meses, para buscar a irmã Samara, que pretendia passar um ano na ilha. As duas e o bebê foram resgatadas na segunda-feira (11) pelo piloto de helicóptero Rodrigo Duarte, paulista, que seguia para Miami e ofereceu ajuda ao governo brasileiro.

    Ele transportou as irmãs e o bebê, além de mais dois brasileiros que estavam em Tortola, até Porto Rico. De lá, Sara, Samara e bebê seguiram viagem para o Brasil.

    Foi a primeira vez que a ilha caribenha foi atingida por um furacão de categoria 5. Além de Tortola, São Martinho, Turcas e Caicos, demais áreas caribenhas foram afetadas pelo Irma nos últimos dias (como regiões em Cuba, Bahamas, Porto Rico, Haiti, República Dominicana, Antígua e Barbuda e territórios da França e Holanda), como também os estados da Flórida e Geórgia, nos Estados Unidos.

    Nas ilhas caribenhas, ao menos 27 pessoas morreram.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Bairro Cuiabá História Municípios Policia
    Governo lança ponte de R$ 11 milhões em Rondonópolis
    Escadarias da Igreja de São Benedito são lavadas em ritual que une religiões
    Cinco veículos se evolvem em grave acidente na BR-163 entre Sinop e Sorriso
    Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
    Governo lança ponte de R$ 11 milhões em Rondonópolis
    Em Rondonópolis, Taques diz que evitou colapso de MT na crise
    Para Leitão, entrada de Mendes deixa cenário eleitoral imprevisível
    Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
    Na África do Sul, Maggi desafia Brics a obter resultados mais concretos
    Por dia, há dois acidentes envolvendo cargas soltas na BR-163
    Exportação de produtos florestais cresce e segmento já é o segundo da pauta do agro
    Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
    Escadarias da Igreja de São Benedito são lavadas em ritual que une religiões
    Vinnie Paul, baterista do Pantera, morre aos 54 anos
    Juliana Grisólia e Deize Águena se apresentam em Food Park neste domingo
    Corrupção Economia Eleições Estados Política
    Ministro nega recurso de Lula e julgamento no STF é cancelado
    Caixa e BB divulgam calendário de saques do PIS/Pasep
    Justiça homologa delação de Antônio Palocci
    Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
    Sejudh abre processo seletivo para contratação de médicos
    SES abre processo seletivo para preencher vagas no programa Telessaúde MT
    Agência de empregos seleciona estagiários para área de telemarketing em Cuiabá
    X