|Domingo, 17 Fevereiro 2019
Crianças interagem com policiais militares jogando bets. Depois da partida, pausa para a foto

Vídeo: PMs jogam bets e têm ‘papo sério’ com crianças

Quando viram os policiais passando, pediram que eles parassem para uma 'partidinha'

COMPARTILHECOMPARTILHE

Algumas crianças são levadas a crer que devem temer a polícia e, por vezes, quando vêem policiais, ficam em alerta. Mas militares que estavam fazendo patrulha neste sábado (09) no bairro São José Operário, em Juína (730 km de Cuiabá), apostam em uma relação diferente.

Enquanto faziam patrulha de moto, pararam um pouquinho para interagir com crianças que acenaram quando os soldados Habeck, Jeberson e Deividy Jhansenn passavam pela rua onde jogavam bets.

“Estávamos cumprindo as tarefas de um dia normal, com abordagens e checagens de veículos, por exemplo, quando eles acenaram e pediram para a gente jogar também. Aproveitamos o momento, afinal, crianças não devem temer a polícia. Não é assim que a gente quer ser visto. Trabalhamos para proteger a comunidade”, declara Deividy, que fez dupla com Jeberson. “Habeck foi o câmera man”, sorri.

“Para a gente foi muito marcante, porque afinal de contas a gente cresce, a responsabilidade vem e deixamos de fazer coisas divertidas como esta. Com taco rústico de madeira e garrafas pet, eles estavam se divertindo à beça. E nós também. Voltamos no tempo”, diz, emocionado.

O soldado conta que depois da brincadeira eles reuniram as crianças e tiveram um papo sério sobre disciplina e responsabilidade.

“Começamos explicando como funciona nosso trabalho, nossa relação com a comunidade, mas, principalmente que eles devem ter sonhos, metas e que devem ter uma boa relação com seus pais – de obediência, de carinho – e consequentemente, uma relação saudável com seus vizinhos. Cremos que com essa proximidade teremos resultados mais positivos”, conclui o soldado do 20º Batalhão da Polícia Militar de Mato Grosso.

COMENTÁRIOS

  1. Show de bola, parabéns a equipe, joguei muito isso na infância e não há nada errado aí, pelo contrário, ajuda na União e mostra a nossa Polícia Comunitária, PARABÉNS.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Entidade ligada à ONU oferece R$ 235 mil para desenvolver Centro Histórico
Líder comunitário faz “filme” sobre o Pedra 90 pedindo agência bancária
Cuiabá 300 Anos: Influenciadoras digitais fazem tour por bairros tradicionais
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Advogada é impedida de acessar processo e OAB move ato público em Sinop
TJMT mantém condenação de vice que falsificou assinatura de prefeito
MPE investiga professora que teria apresentado diploma falso para conseguir aulas
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Madeireiros passam a conviver com período de “piracema” florestal
Produção orgânica e a um preço mais em conta: conheça a Horta Terra Estrela
Mourão, sobre infraestrutura: “Fácil não é; se fosse fácil não seria para nós”
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Cuiabá ganha SPA conceito com a assinatura de Guilherme Bravo
Artista plástico de Poxoréu muda o cenário da cidade
Músicos se apresentam em sala de espera enquanto pacientes aguardam por exames
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Manifestantes pedem Justiça após morte de jovem por segurança
Bombeiros localizam mais dois corpos em Brumadinho
HQs brasileiras ganham visibilidade e prêmios no exterior
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Prefeitura convoca novos profissionais para creches
MT dobrou número de novos empreendedores em apenas 5 meses
Convocados para vagas de Profissionais Técnicos da Unemat tem até terça para assinar contrato
X