|Terça-feira, 19 Fevereiro 2019

Por unanimidade, ABL reelege presidente para 2019

Marco Lucchesi foi reeleito hoje (6), por unanimidade, presidente da Academia Brasileira de Letras

COMPARTILHECOMPARTILHE

O acadêmico e escritor Marco Lucchesi foi reeleito hoje (6), por unanimidade, presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL) para o ano de 2019, em sessão ordinária fechada ao público e realizada no Petit Trianon. Compõem ainda a nova diretoria os acadêmicos Merval Pereira, secretário-geral; Ana Maria Machado, primeira-secretária: Edmar Bacha, segundo-secretário: e José Murilo de Carvalho, tesoureiro.

Ao final da sessão, foram anunciados os diretores eleitos, seguindo-se a cerimônia de incineração das cédulas. A posse será na quinta-feira (13), às 17 h, também no Petit Trianon.

Em entrevista à Agência Brasil, Lucchesi disse que, em sua nova gestão, pretende aprofundar algumas questões, como as normas da casa no que se refere à língua e à literatura. Lucchesi quer também aprofundar as relações internacionais da Academia, “com uma série de protocolos e convênios”.

O presidente reeleito disse que este ano, a ABL assinou convênio com a Marinha do Brasil, “levando os livros para os países da CPLP [comunidade dos países de língua portuguesa], para as bibliotecas nacionais”. A primeira remessa foi destinada a Moçambique. Foram firmados também acordos com as academias de Letras da Espanha e Alemanha, entre outros países.

Ações sociais

Lucchesi quer dar seguimento às ações sociais da ABL, trabalhando com doação de livros em escolas localizadas em zonas conflagradas no Rio de Janeiro e também em unidades socioeducativas e prisões.

“Nós fizemos um trabalho contínuo de atendimento ao social porque o que nos interessa muito é fazer com que o nosso país dialogue cada vez mais e o livro não seja um fenômeno reduzido para poucas pessoas, nem a leitura tampouco. Esse tem sido o nosso esforço e a gente espera ampliar em 2019 esse rol de projetos”.

O acadêmico disse também, de modo particular, que a ABL pretende fazer uma defesa da literatura e do livro, de tal modo que possa ser estabelecido no Brasil um “elemento absolutamente necessário, símbolo nacional da liberdade de expressão, da liberdade artística e da liberdade de cátedra”. Lucchesi disse que sem a defesa da liberdade, “a gente não terá uma experiência profunda nem do livro, nem da leitura, que se baseiam na liberdade do pensamento, da criação e da palavra”.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
MTI e Detran selam termo de compromisso para modernizar sistemas tecnológicos
Denunciada por estudantes, suspeita de fraude nas cotas da UFMT é investigada pelo MPF
Pacientes não conseguem retirar medicamentos na Farmácia de Alto Custo
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Ulysses indica juiz à vaga de conselheiro e defende critérios para escolha
MPE vai investigar a distribuição de medicamentos em Cuiabá
Audiências com delatores da Rêmora são adiadas na Sétima Vara Criminal
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Madeireiros passam a conviver com período de “piracema” florestal
Produção orgânica e a um preço mais em conta: conheça a Horta Terra Estrela
Mourão, sobre infraestrutura: “Fácil não é; se fosse fácil não seria para nós”
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Cine Teatro Cuiabá recebe espetáculo sobre conscientização ambiental e patrimônio público
Cuiabá ganha SPA conceito com a assinatura de Guilherme Bravo
Artista plástico de Poxoréu muda o cenário da cidade
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Bolsonaro irá ao Congresso entregar texto da reforma da Previdência
“Melhor programa de governo a ser seguido por um filho é não atrapalhar o pai”
Fiscalização apreende 104 celulares e drogas em presídio de Campos
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Prefeitura convoca novos profissionais para creches
MT dobrou número de novos empreendedores em apenas 5 meses
Convocados para vagas de Profissionais Técnicos da Unemat tem até terça para assinar contrato
X