|Segunda-feira, 25 Junho 2018

Polícia Civil prende bisavó que enterrou recém-nascida viva em Canarana

Mullher alegou que a criança não chorou após o nascimento, por isso acreditou que estivesse morta enterrando o corpo no quintal, conforme costume de sua comunidade

COMPARTILHECOMPARTILHE

A Polícia Judiciária Civil de Canarana (823 km a Leste) realizou autuação em flagrante pelo crime de homicídio tentado praticado pela bisavó do bebê recém-nascido indígena enterrado vivo. A criança foi resgatada por policiais civis e militares na noite de terça-feira (05).

A Polícia Civil foi informada de um feto/recém nascido que teria sido enterrado em uma residência, e deslocou para o endereço (rua Paraná) em conjunto com a Polícia Militar. Ao iniciar escavação em busca do corpo, os policiais ouviram o choro do bebê e constaram que a criança estava viva. O bebê foi socorrido e encaminhado para socorro médico imediato.

Conduzidas à delegacia para esclarecimentos, a mãe da criança (adolescente de 15 anos) e a avó do bebê contaram que a jovem sentiu fortes dores (contrações) e foi ao banheiro sozinha, momento em que deu a luz a menina. Ao nascer, a criança teria batido a cabeça no vaso sanitário, ocasionando sangramento.

Restou apurado que foi a bisavó da criança quem cortou o cordão umbilical do bebê e também foi a responsável por enterrar a recém-nascida. A mullher, Kutz Amin, de 57 anos, foi presa na manhã desta quarta-feira (06) e alegou que a criança não chorou após o nascimento, por isso acreditou que estivesse morta e, segundo costume de sua comunidade, enterrou o corpo no quintal, sem acionar os órgãos oficiais.

De acordo com o delegado Deuel Paixão de Santana, o fato só veio a tona (e a criança salva), porque a mãe do bebê apresentou hemorragia durante toda a tarde de terça-feira (05) e em razão da necessidade de atendimento médido a ocorrência foi divulgada.

A mãe e avó foram ouvidas e liberadas. Já a bisavó será encaminhada para audiência de custódia para deliberação do Judiciário.

O bebê segue internado em unidade hospitalar de Água Boa.

Com Assessoria 

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Hospital Regional Irmã Elza Giovanella realiza treinamento com equipe
Ex-gestores de Barão de Melgaço e empresa são condenados a restituir erário
Detran/MT lança curso gratuito para moto-taxistas
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Mato Grosso se prepara para prender velhinhos e sitiantes com suas perigosas garruchas e espingardas
“Eu realizo, não faço projeto eleitoreiro”, diz Geller sobre aprovação de propostas na Câmara Federal
Sinfra questiona sobrepreço de R$ 58 milhões apontado pelo TCE
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Estados se reúnem para discutir retirada da vacina contra febre aftosa
Aprosoja protocola ação judicial questionando desvio de finalidade do Fethab 2
Na África do Sul, Maggi desafia Brics a obter resultados mais concretos
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Bar cuiabano distribui rodada de bebida a cada tombo de Neymar
Conjunto de obras sacras reforça histórico de fé da primeira paróquia de Sinop
Evento mundial sobre asteroides acontece em Cuiabá e Tangará a partir desta 2ª
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Gripe: municípios com estoque de vacina devem ampliar imunização
Sete municípios do país têm novos prefeitos
Mercado espera por mais inflação e menor crescimento econômico
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Sejudh abre processo seletivo para contratação de médicos
SES abre processo seletivo para preencher vagas no programa Telessaúde MT
Agência de empregos seleciona estagiários para área de telemarketing em Cuiabá
X