|Terça-feira, 19 Fevereiro 2019

    Migrações pendentes dos últimos terremotos

    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Nessa sexta-feira tive que enviar algumas mensagens bastante inusitadas para pessoas que seguem o meu trabalho, já que uma região da França que vinha chamando a atenção pela atividade sísmica teve um serie de eventos considerados fortes. Logo na sequência, uma série de emails lotaram a minha caixa de mensagens. O motivo era uma postagem feita no dia 8 de novembro.

    Nessa postagem, eu considerava que a região corria o risco de sofrer um abalo mediano. O prazo expirou há algum tempo, mas a mesma região continuou registrando atividade fora do normal.

    Eu, dentro da minha hipótese para as migrações, considero alguns eventos sísmicos como antecipadores de algo que pode ser mais forte. A série de eventos contínuos que vinham sendo registrados não passavam de 2.5 graus na escala Richter na semana passada. Nesta sexta-feira (17), porém, eles variaram entre 2.7 e 3.7. Com isso, acredito que será o prenúncio de algo mais significativo. Ainda sem a definição de onde isso pode ocorrer.

    Migrações

    Pouco antes do registro do terremoto de 6.5 graus na escala Richter na Costa Rica, no último dia 13, fui questionado sobre possíveis migrações para o Equador. Disse, à época, que se ocorresse um abalo na Costa Rica, como havia antecipado, o Equador poderia se preparar para eventos medianos e moderados. Passaram algumas horas e isso se confirmou.

    Mas há pendências. Esse evento ocorrido na Costa Rica ainda está dentro do prazo de migração para outros locais. Como destaquei, há possibilidade de migrar para o sul do Chile, costa do Japão ou norte da Nova Zelândia.

    Palestras

    Convido a todos amigos que querem conversar comigo sobre a minha hipótese das migrações – acreditando ou não nela – para um evento que irei participar no Chile no começo de dezembro, em Viña del Mar. Todos, absolutamente todos, são bem-vindos para uma conversa amistosa e transparente sobre os estudos que venho desenvolvendo. Me chateia quando pessoas sem rosto aparecem nas redes sociais para me difamar. Por isso, faço o desafio: dia 10 de dezembro estarei no Chile. Que tal um debate aberto?

    Migraciones pendientes de los últimos terremotos

    En ese viernes tuve que enviar algunos mensajes bastante inusitados para personas que siguen mi trabajo, ya que una región de Francia que venía llamando la atención por la actividad sísmica tuvo un serie de eventos considerados fuertes. Luego, una serie de correos electrónicos llenó mi tablón de mensajes. El motivo era un post hecho el 8 de noviembre.

    En ese post, yo consideraba que la región corría el riesgo de sufrir una sacudida mediática. El plazo expiró hace algún tiempo, pero la misma región continuó registrando actividad fuera de lo normal.

    Yo, dentro de mi hipótesis para las migraciones, considero algunos eventos sísmicos como anticipadores de algo que puede ser más fuerte. La serie de eventos continuos que venían siendo registrados no pasaban de 2,5 grados en la escala de Richter la semana pasada. El viernes (17), sin embargo, variaron entre 2.7 y 3.7. Con eso, creo que será el preanuncio de algo más significativo. Aún sin la definición de donde esto puede ocurrir.

    Migraciones

    Poco antes del registro del terremoto de 6.5 grados en la escala de Richter en Costa Rica, el pasado día 13, me preguntaron sobre posibles migraciones hacia Ecuador. Dijo, en la época, que si ocurría una sacudida en Costa Rica, como había anticipado, el Ecuador podría prepararse para eventos medianos y moderados y que fueron confirmados.

    Pero hay pendencias. Este acontecimiento ocurrido en Costa Rica todavía está dentro del plazo de migración a otros lugares. Como señalé, hay posibilidad de migrar hacia el sur de Chile.

    Los eventos en Venezuela pueden causar temblores de medianas intensidad en la región fronteriza del Perú y Norte de Chile y Norte de Brasil. Los eventos en Venezuela de mediana intensidad no son muy comunes, igual para Brasil.

    Palestras

    Invito a todos amigos que quieren conversar conmigo sobre mi hipótesis de las migraciones – Los que me creen o los que no me creen, para un evento que voy a participar en Chile a principios de diciembre en Viña del Mar. Todos, absolutamente todos, son bienvenidos a una conversación amistosa y transparente sobre los estudios que vengo desarrollando. Me molesta cuando las personas sin rostro aparecen en las redes sociales para difamarme. Por eso, hago el desafío: el 10 de diciembre estaré en Chile. ¿Qué tal un debate abierto?

    Assinatura Coluna Aroldo

     

    Deixe um comentário

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    LINKS PATROCINADOS

    DESTAQUES

    Bairro Cuiabá História Municípios Policia
    MTI e Detran selam termo de compromisso para modernizar sistemas tecnológicos
    Denunciada por estudantes, suspeita de fraude nas cotas da UFMT é investigada pelo MPF
    Pacientes não conseguem retirar medicamentos na Farmácia de Alto Custo
    Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
    Ulysses indica juiz à vaga de conselheiro e defende critérios para escolha
    MPE vai investigar a distribuição de medicamentos em Cuiabá
    Audiências com delatores da Rêmora são adiadas na Sétima Vara Criminal
    Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
    Madeireiros passam a conviver com período de “piracema” florestal
    Produção orgânica e a um preço mais em conta: conheça a Horta Terra Estrela
    Mourão, sobre infraestrutura: “Fácil não é; se fosse fácil não seria para nós”
    Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
    Cine Teatro Cuiabá recebe espetáculo sobre conscientização ambiental e patrimônio público
    Cuiabá ganha SPA conceito com a assinatura de Guilherme Bravo
    Artista plástico de Poxoréu muda o cenário da cidade
    Corrupção Economia Eleições Estados Política
    Bolsonaro irá ao Congresso entregar texto da reforma da Previdência
    “Melhor programa de governo a ser seguido por um filho é não atrapalhar o pai”
    Fiscalização apreende 104 celulares e drogas em presídio de Campos
    Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
    Prefeitura convoca novos profissionais para creches
    MT dobrou número de novos empreendedores em apenas 5 meses
    Convocados para vagas de Profissionais Técnicos da Unemat tem até terça para assinar contrato
    X