|Quinta-feira, 21 Junho 2018

    Mesmo sendo expulso do PSB, Fábio Garcia manteria o mandato de deputado

    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Ednilson Aguiar/O Livre

     deputado federal Fábio Garcia

    Fábio Garcia pode ficar sem legenda

    O deputado federal Fábio Garcia deve manter o mandato mesmo que seja expulso do PSB. Porém, perderá as vagas que ocupa nas comissões por causa do partido. Isso inclui a cadeira na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), uma das mais importantes da Câmara Federal.

    Na noite da próxima segunda-feira (16), o diretório nacional do PSB julga os processos disciplinares abertos na Comissão de Ética da sigla contra quatro deputados que votaram a favor da reforma trabalhista, contrariando a orientação da presidência do partido. Além de Garcia, devem ser julgados na segunda-feira (16) Teresa Cristina (MS), Danilo Forte (CE) e Fernando Coelho Filho (PE), atualmente ministro das Minas e Energia.

    O advogado José Antônio Rosa, especialista em Direito Eleitoral, explicou que o partido só poderia ficar com o mandato se houvesse justa causa, o que, segundo o advogado, não é possível neste caso.

    “Para tomar uma posição referente a programa de governo, é preciso ter uma reunião do diretório nacional que decida sobre isso”, afirmou José Rosa ao LIVRE. “Os deputados federais são membros natos do diretório e deveriam ser convocados para uma deliberação como essa. Porém, a executiva do PSB tomou essa decisão de forma isolada, sem consultar o diretório – e nem convidou os deputados para participar da discussão. Eles tinham o direito de participar da discussão, mesmo que fossem voto vencido”, completou.

    Com a expulsão, Garcia fica livre para se filiar a outro partido. Enquanto isso, seus aliados e também dissidentes do PSB procuram uma brecha para mudar de sigla. O destino mais provável é o DEM, mas membros do grupo também foram assediados por outras legendas, como o Podemos e o PSDB.

    Disputa
    Em abril deste ano, Fábio Garcia contrariou a orientação da direção nacional do PSB e votou a favor da reforma trabalhista. O outro deputado federal do PSB de Mato Grosso, Adilton Sachetti, estava de licença em função da morte da esposa, e não votou.

    Em retaliação ao seu voto, Garcia foi destituído da presidência do PSB de Mato Grosso dias depois. Ele tentou retornar à direção do partido ou emplacar um aliado no cargo – no caso, o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes –, sem sucesso.

    Em 14 de junho, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, nomeou o também deputado federal Valtenir Pereira como presidente da sigla no Estado, minutos depois de o deputado se filiar. Garcia levou o caso à Justiça e chegou a obter uma vitória, que Valtenir conseguiu reverter, e o parlamentar segue no comando da sigla em Mato Grosso. 

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Cidadãos armados enfrentam criminoso e evitam um possível massacre em loja do Walmart de...

    Selma diz que juiz a persegue por causa de namorada; juiz diz que já...

    Homens são presos captando clientes para advogado de Cuiabá sob a promessa de “limpar...

    Estudantes da UFMT em Cuiabá decidem não voltar às aulas

    Os primeiros passes de Neymar: conheça a quitinete onde o craque morou em VG

    Bairro Cuiabá História Municípios Policia
    Liminar obriga município a realizar vasectomia e laqueadura em policlínicas da Capital
    Rapaz com câncer no cérebro desaparece de hospital em Várzea Grande
    Recém-nascido que afogou com leite é salvo por policiais militares em Lucas
    Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
    Vandoni deve fazer marketing de Taques com missão de reverter rejeição
    MPF ainda não pediu para processo dos grampos descer para MT
    Câmara de Cuiabá cria mais 2 CPIs; oposição suspeita de manobra da base
    Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
    Embargo da UE derruba exportação brasileira de carne de frango
    FPA pede providências criminais contra “bomba” do Greenpeace na Câmara
    Câmara dos Deputados aprova marco regulatório para o transporte de cargas
    Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
    Comediante John Oliver é censurado do “Twitter chinês” após reportagem crítica ao presidente Xi Jinping
    Hoje e amanhã tem sessão de Realidade Virtual gratuita no Sesc Arsenal
    Fox aceita nova proposta da Disney e acordo bilionário deve ser fechado em breve
    Corrupção Economia Eleições Estados Política
    Fux defende combate “incisivo” às fake news
    STF mantém liberação de programas humorísticos em período eleitoral
    Pelo Twitter, governo defende ações para acolher imigrantes
    Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
    Sejudh abre processo seletivo para contratação de médicos
    SES abre processo seletivo para preencher vagas no programa Telessaúde MT
    Agência de empregos seleciona estagiários para área de telemarketing em Cuiabá
    X