|terça, 17 Julho 2018

Mãe acusa escola de tentar abafar caso de tentativa de sequestro de sua filha

A acusação surgiu primeiro nas redes sociais, gerando pânico na população sinopense

COMPARTILHECOMPARTILHE

A mãe de uma menina de 9 anos, estudante da escola municipal Rodrigo Damasceno, em Sinop (500 Km de Cuiabá), acabou gerando um grande pânico nas redes sociais ao postar na internet que um homem, supostamente sequestrador de crianças, estaria rondando a unidade escolar onde sua filha estuda.

“Hoje na porta da escola dos meus filhos tentaram raptar minha filha. Cuidado: é um homem moreno que anda mancando. Como ele não conseguiu levar a Kamilly, levou outra menina, minha filha correu para pedir para uma coleguinha avisar a diretora, a mãe chegou na escola e chamaram a polícia”, disse a mulher, na postagem que “viralizou” na cidade.

Em poucas horas, a publicação ganhou força e até uma foto do suposto sequestrador estava sendo repassada em grupos do WhatsApp.

De acordo com a direção da unidade escolar, o fato não passou de um equívoco, já que, na verdade, o pai de uma outra aluna percebeu que filha não teria entrado na escola, chamando a atenção da criança e assustando a criança denunciante, que pensou se tratar de algum estranho.

“Na verdade, a filha dele estava fora escola. Então ele falou energicamente com a menina, mandando-a entrar na sala de aula. A outra criança acabou se assustando e contou o fato para a mãe. Sem checar as informações, ou o que estava acontecendo de fato, a mãe da criança postou nas redes sociais essa situação”, explicou a Direção da escola.

Por conta do desencontro de informações, inúmeros pais assustados ligaram e se dirigiram à unidade escolar.

“Nós inclusive fizemos uma acareação com a mãe da menina e com o pai da outra criança acusada erroneamente pela menor, mostrando que tudo não passou de um mal entendido”, explicou a diretora.

Apesar de a escola negar os fatos, a mãe ainda registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) nessa quinta-feira (05), dizendo que sua filha foi abordada na porta da escola por um rapaz moreno, alto e aparentemente bêbado. Ela ainda acusa a instituição de estar tentando abafar o caso para não denegrir a imagem da instituição.

“Ele ofereceu balas para minha filha, e disse que na casa dele tinha mais. Então ela correu para dentro da escola e pediu para uma coleguinha avisar a Direção”, conta a mãe no B.O.

Depois de toda a repercussão a mãe voltou a postar sua indignação nas redes sociais.

“É muito humilhante, desgastante passar por certos tipos de situações, onde sua palavra e a de uma criança valem menos do que o nome de uma instituição pública”, diz a mãe.

No mesmo texto ela relata que seus dois filhos passaram a sofrer bullying na escola. E acusa os profissionais da instituição de serem “mentirosos e despreparados”.

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Sindicato presidido por irmão de Milan define apoio à oposição na eleição da FIEMT
Ministério reforça ações de combate às fake news sobre vacinas
Polícia Civil apreende 340 kg de cocaína em aeronave em MT; veja fotos
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Arcanjo descumpre regras do semiaberto e é intimado pela Justiça
Taques insinua que gostaria de entregar governo para deputado
“Sem MDB, o impeditivo está afastado”, diz Selma sobre apoio a Wellington
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Leilão de elite movimenta mais de R$ 800 mil durante AgroMT
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
Feira em São Paulo expande o mercado da madeira nativa de Mato Grosso
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Sesc Rondonópolis terá sessão voltada para a realidade brasileira até o fim do mês
Humorista cuiabano é criticado nas redes por comparar filho de Will Smith a “flanelinha”
Cuiabano participará de reality show de fotografia: “encorajou a me lançar como artista”
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Justiça Eleitoral abre habilitação para voto em trânsito
Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas
Decretada prisão temporária de cirurgião que operava em casa no Rio
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Inscrições para concurso da Educação são prorrogadas; veja prazos
Concursos públicos pagam salários até R$20 mil; confira lista
Prefeitura de Tapurah lança Concurso Público com mais de 90 vagas
X