|Segunda-feira, 16 Julho 2018

Juíza diz que médica tem “personalidade criminosa” e mantém prisão para “assegurar ordem pública”

A médica Letícia Bortolini foi presa em flagrante na noite do último sábado, após supostamente atropelar, matar e fugir sem prestar socorro ao verdureiro, Francisco Lucio Maia.

COMPARTILHECOMPARTILHE

Em audiência de custódia realizada no Fórum da Capital, na tarde deste domingo (15), a juíza Renata do Carmo Evaristo Parreira, da 11ª Vara da Justiça Militar e Custódia de Cuiabá, negou a soltura da médica Letícia Bortolini, 37 anos, que supostamente atropelou, matou e fugiu sem prestar socorro ao verdureiro Francisco Lucio Maia, de 48 anos, em acidente ocorrido na avenida Miguel Sutil, e determinou a conversão da prisão em flagrante para preventiva, sob argumento de assegurar a ordem pública.

“Desse modo, superada a demonstração de materialidade e presentes os indícios de autoria, chega-se a inferência de que a ordem pública será abalada se a autuada for posta em liberdade, ante o modus operandi empregado na prática delitiva, onde demonstra, per si, a personalidade criminosa da ré, tenho que sua prisão preventiva deve ser decretada, com fim de assegurar a ordem pública”, diz trecho da decisão da magistrada.

Ainda conforme a juíza, Letícia, por ser médica, tinha o dever e poder de prestar socorro à vítima, o que não fez.

Pelo “modus operandi” dos crimes, a magistrada disse ser incabível o pagamento de fiança, como solicitou a defesa da médica.

Quanto ao pedido de prisão domiciliar, também postulado pela defesa, sob a justificativa de que ela é mãe de uma criança de 1 ano, a juíza entendeu que deve ser analisado pelo juízo titular da causa.

Entenda o caso

A médica Letícia Bortolini foi presa em flagrante na noite do último sábado (14), após supostamente atropelar, matar e fugir sem prestar socorro ao verdureiro, Francisco Lucio Maia, na avenida Miguel Sutil, em Cuiabá. Conforme Boletim de Ocorrência ao qual o LIVRE teve acesso, a médica conduzia um Jeep Compass branco e estaria dirigindo sob efeito de álcool no momento do atropelamento.

 

 

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Estado de Mato Grosso não deve autorizar desmates na APA Cabeceiras do Rio Cuiabá
Parque Serra Azul registra terceiro foco de incêndio em 2018
Esposa é ameaçada pela ex-amante do marido em Sinop
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
“A eleição está chegando e já tem político tentando me calar nas redes sociais”, diz Taques sobre determinação judicial
Taques põe “panos frios” em críticas de Lucimar: “Várzea Grande sempre merece mais”
Mato-grossenses têm R$123 mi liberados de restituição do IR; consulte o lote
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Santander lidera queixas a bancos no trimestre, diz Banco Central
Fenabrave traz para MT debate sobre o cenário político do país
Saldo da balança do agro em junho é de US$ 8,17 bilhões
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Líder quilombola Nezinho teria sido agredido por policial durante festa tradicional em Mata Cavalo
Protagonista de “Todo Mundo Odeia o Chris” tem interesse em gravar um reboot da série
Confira o primeiro teaser de Doctor Who com Jodie Whittaker
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Por dia, 37 crianças são vítimas de intoxicação ou envenenamento
Chanceler brasileiro viaja para negociar acordo entre Mercosul e UE
Mais de 3,3 milhões de contribuintes recebem hoje restituição do IR
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Concursos públicos pagam salários até R$20 mil; confira lista
Prefeitura de Tapurah lança Concurso Público com mais de 90 vagas
Sine Municipal de Sinop disponibiliza mais de 70 vagas de emprego
X