|Quarta-feira, 18 Julho 2018
Reprodução/ilustração

Juiz eleitoral de MT autoriza outdoors e adesivos de Bolsonaro

O juiz afirmou que se inspirou em decisão do ministro Luiz Fox, que foi no mesmo sentido

COMPARTILHECOMPARTILHE

O juiz eleitoral da 14ª Zona Eleitoral, Valter Fabrício Simioni da Silva, autorizou a exposição de outdoors e adesivos do pré-candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, em Jaciara (MT). A decisão do magistrado ocorre após pedido do Ministério Público Eleitoral para a retirada do material que conta com a foto do propenso candidato, o que supostamente caracterizaria propaganda extemporânea (antecipada).

Valter disse ao LIVRE que não autorizou a retirada dos outdoors e adesivos espalhados pela cidade embasado em uma decisão proferida recentemente pelo ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Luiz Fux. Ele alega que o material não conta com pedido de voto expresso nem divulgação de plataforma eleitoral.

O magistrado afirmou ainda que a decisão só foi necessária pelo fato de o MPE ter solicitado que ele usasse o poder de polícia, determinando a retirada do material. “Essa discussão precisa ser levada no âmbito dos tribunais superiores”, explicou.

Valter ainda destacou que o entendimento sobre casos relacionados é divergente entre os magistrados de Mato Grosso. “O próprio Tribunal Regional Eleitoral tem alguns entendimentos divergentes, não do caso específico. Até teve um curso do TRE que a gente participou, mas a legislação é modificada em uma velocidade muito grande. Mas a gente precisa se atentar para ver o que se enquadra ou não como propaganda antecipada”.

Questionado pela redação sobre o fato de Bolsonaro se apresentar como pré-candidato e utilizar de outdoors, mesmo que sem pedido de voto, não seria uma manobra para driblar a Justiça, o juiz eleitoral ressaltou que caberia às instâncias superiores a avaliação.

“Existe esse entendimento mesmo de que o pré-candidato afixar um outdoor estaria se auto divulgando. Mas se for analisar a legislação, a priori, não caracteriza propaganda eleitoral”, justificou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Sindicato presidido por irmão de Milan define apoio à oposição na eleição da FIEMT
Ministério reforça ações de combate às fake news sobre vacinas
Polícia Civil apreende 340 kg de cocaína em aeronave em MT; veja fotos
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Arcanjo descumpre regras do semiaberto e é intimado pela Justiça
Taques insinua que gostaria de entregar governo para deputado
“Sem MDB, o impeditivo está afastado”, diz Selma sobre apoio a Wellington
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Leilão de elite movimenta mais de R$ 800 mil durante AgroMT
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
Feira em São Paulo expande o mercado da madeira nativa de Mato Grosso
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Sesc Rondonópolis terá sessão voltada para a realidade brasileira até o fim do mês
Humorista cuiabano é criticado nas redes por comparar filho de Will Smith a “flanelinha”
Cuiabano participará de reality show de fotografia: “encorajou a me lançar como artista”
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Justiça Eleitoral abre habilitação para voto em trânsito
Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas
Decretada prisão temporária de cirurgião que operava em casa no Rio
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Inscrições para concurso da Educação são prorrogadas; veja prazos
Concursos públicos pagam salários até R$20 mil; confira lista
Prefeitura de Tapurah lança Concurso Público com mais de 90 vagas
X