|domingo, 24 Junho 2018

    Joias e relógios foram usados como propina

    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Reprodução | Agência Brasil

    Rio 2016

    Jean-Yves Lourgouilloux, procurador francês responsável pela investigação da suspeita de compra de votos para a eleição do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de 2016 contou em detalhes como ocorriam as fraudes. Em entrevista à Rede Globo, Lourgouilloux afirmou que depósitos eram feitos por intermediários nas contas do senegalês Lamine Diack, que usava sua influência e presenteava outros integrantes do Comitê Olímpico Internacional (COI) com joias e relógios de luxo, compradas em uma joalheria em Paris.

    “Todos os pagamentos são seguidos de compras enormes de relógios de luxo e joias de luxo. Investigamos que membros do COI receberam presentes de Lamine Diack. O nome de Lamine Diack aparece ligado a várias transações. Ele é africano, mas não podemos dizer que todos os votos africanos estão corrompidos, mas nem que apenas votos africanos foram comprados”, disse Lourgouilloux.

    “Cada vez que havia necessidade de se escolher uma cidade para organizar uma competição esportiva mundial, era uma oportunidade para extorquir dinheiro. É interessante também notar que Tóquio era candidata a sediar os Jogos de 2016, mas o Rio ganhou. Tóquio na época denunciou que haveria esquemas entre o Brasil e a África, e em seguida Tóquio acabou procedendo da mesma maneira para se certificar de que ganharia”, afirmou o procurador, lembrando a escolha da cidade japonesa como sede da Olimpíada de 2020.

    O procurador francês ainda lamentou que o esporte seja usado dessa forma. “Enquanto toda a economia mundial passa por momentos de recessão, a economia do esporte está em plena expansão. E onde está o dinheiro, está a corrupção.”

    O francês ainda comentou sobre a participação de Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), um dos acusados de envolvimento no esquema. “Não é possível que uma pessoa possa ser dirigente de uma mesma federação por 20 anos. Não vamos parar de investigar. Nós somos obrigados a verificar se pessoas físicas corromperam ou foram corrompidas. O resto é problema da organização dos Jogos Olímpicos. É preciso criar regras claras e rígidas de controle e transparência”, finalizou Lourgouilloux.

    (Com Agência Estado)

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Bairro Cuiabá História Municípios Policia
    Governo lança ponte de R$ 11 milhões em Rondonópolis
    Escadarias da Igreja de São Benedito são lavadas em ritual que une religiões
    Cinco veículos se evolvem em grave acidente na BR-163 entre Sinop e Sorriso
    Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
    Governo lança ponte de R$ 11 milhões em Rondonópolis
    Em Rondonópolis, Taques diz que evitou colapso de MT na crise
    Para Leitão, entrada de Mendes deixa cenário eleitoral imprevisível
    Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
    Na África do Sul, Maggi desafia Brics a obter resultados mais concretos
    Por dia, há dois acidentes envolvendo cargas soltas na BR-163
    Exportação de produtos florestais cresce e segmento já é o segundo da pauta do agro
    Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
    Escadarias da Igreja de São Benedito são lavadas em ritual que une religiões
    Vinnie Paul, baterista do Pantera, morre aos 54 anos
    Juliana Grisólia e Deize Águena se apresentam em Food Park neste domingo
    Corrupção Economia Eleições Estados Política
    Ministro nega recurso de Lula e julgamento no STF é cancelado
    Caixa e BB divulgam calendário de saques do PIS/Pasep
    Justiça homologa delação de Antônio Palocci
    Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
    Sejudh abre processo seletivo para contratação de médicos
    SES abre processo seletivo para preencher vagas no programa Telessaúde MT
    Agência de empregos seleciona estagiários para área de telemarketing em Cuiabá
    X