|Quarta-feira, 20 Fevereiro 2019
Fotos: Portal Campo Novo

Indígena de 100 anos entra na contramão, bate em caminhão e três índios morrem

As vítimas, de 60, 26 e oito anos, morreram no local; o motorista e mais uma pessoa foram encaminhadas para o hospital

COMPARTILHECOMPARTILHE

Um indígena de 100 anos causou um acidente gravíssimo ao entrar com uma caminhonete na contramão de uma rodovia que passa dentro de uma reserva indígena em Campo Novo do Parecis (404 km de Cuiabá). O acidente deixou três índios mortos e outras duas pessoas feridas.

O acidente envolveu três veículos, a Montana dirigida pelo indígena, identificado como Adriano Zenozokemae, de 100 anos, um caminhão Ford F-4000 e um VW UP. A colisão aconteceu na entrada da Aldeia Quatro Cachoeira.

Conforme o boletim de ocorrência, as pessoas que estavam no caminhão relataram que estavam vindo da cidade de Campos de Júlio (565 km da Capital), no sentido de Tangará da Serra, quando encontraram a Montana andando na contramão.

O motorista do caminhão teria tentado evitar a batida freando, porém, não conseguiu e bateu a frente do caminhão na porta dianteira direita da Montana e na porta traseira direita de um UP, que estava parado no acostamento.

O condutor do UP disse aos policiais que havia parado no acostamento para urinar. O acidente aconteceu por volta das 17h30 dessa quarta-feira (31).

Com a colisão, três índios morreram: Raimundo Zoinazokae, 60 anos, Ednalva Kalomizore, 26 anos, e Clarieli Loiara Neizokairoce, oito anos.

O motorista da Montana, Adriano, e uma vítima que não foi identificada, foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Segundo a assessoria da Polícia Civil, Adriano está internado e deverá ficar no hospital por mais alguns dias. Ele está consciente, mas sem condições de se locomover.

O boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Campo Novo do Parecis, por volta de 00h. Já na manhã desta quinta-feira (1º), por volta das 6h30, outra equipe policial registrou um boletim em que os policiais afirmam que ficaram resguardando o trabalho da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e que os indígenas não permitiram a retirada dos veículos envolvidos no acidente, que estavam dentro da reserva.

COMENTÁRIOS

  1. O índio Adriano, de 100 anos de idade, sobreviveu. Depois dessa, deve viver, no mínimo, mais uma década. Isso é que é longevidade! Até a sorte ajuda!

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Ônibus com 15 crianças cai em ribanceira em MT
Triplo atropelamento: bióloga dirigia a menos de 60 km/h e com condições de reagir
Justiça bloqueia R$ 134 mil de ex-presidente de Câmara por cortar árvores sem autorização
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Quatro deputados disputam vaga de conselheiro do TCE
Governo propõe prorrogar pagamento da parcela da dívida dolarizada que vence em março
Justiça bloqueia R$ 134 mil de ex-presidente de Câmara por cortar árvores sem autorização
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Novo presidente da FPA vai lutar por menos tributos e mais apoio
Abertas inscrições para seleção de participantes da Feira de Investimentos em Dubai
Liberali recebe prêmio de inovação da SAP Brasil
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Carna AUAU: “carnaval” para pets acontece neste sábado
Cine Teatro exibe documentário sobre cidades sem população jovem
Cores neon, pochete e acessórios: saiba o que será tendência no Carnaval 2019
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Novo presidente da FPA vai lutar por menos tributos e mais apoio
Aloysio Nunes pede demissão de cargo em SP após ser alvo da Lava Jato
Ford anuncia fechamento da fábrica de São Bernardo do Campo
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Mato Grosso oferece 899 oportunidades de emprego
Prefeitura convoca novos profissionais para creches
MT dobrou número de novos empreendedores em apenas 5 meses
X