|terça, 17 Julho 2018
(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Governo quer respaldo de órgãos de controle para nomear concursados

Limite de gasto com pessoal está estourado pelos parâmetros da STN

COMPARTILHECOMPARTILHE

O governo de Mato Grosso busca respaldo dos órgãos de controle, como o Tribunal de Contas do Estado (TCE), para nomear novos aprovados em concursos públicos mesmo com as limitações da Lei de Responsabilidade Fiscal. O objetivo, segundo o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, é ter segurança jurídica para evitar que o governador Pedro Taques (PSDB) seja processado por ultrapassar os limites de gastos com pessoal e, também, assegurar a permanência dos nomeados no cargo.

“Vamos buscar os órgãos de controle, porque o governador corre o risco de ter problemas de ordem jurídica, como processo por improbidade, se fizer alguma nomeação. E também esse ato pode ser anulado pelo TCE ou Judiciário, o que daria insegurança para as próprias pessoas que estão buscando nomeação. Vamos mostrar a necessidade para os órgãos de controle e buscar uma equação que atenda o interesse público”, afirmou o secretário.

Entre as áreas do governo que precisam de reforço no pessoal, Gallo citou o sistema penitenciário. Aprovados no último concurso participaram da audiência pública que divulgou as metas fiscais do governo, nesta semana, e pediram por nomeações.

Pelos parâmetros do TCE, o governo está dentro do teto permitido, que é de 49% da receita. Porém, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) não aceitou a metodologia inovadora de cálculo adotada em Mato Grosso. Desse modo, explicou que, entre as sanções que o Estado pode sofrer, está o impedimento de novas nomeações.

O gasto com pessoal em 2017 foi de R$ 10,4 bilhões, em uma despesa total de R$ 16,8 bilhões. Pelo balanço contábil oficial do Estado, elaborado com diretrizes autorizadas pelo TCE, o Poder Executivo gastou com pessoal 47,77% da sua receita. Pelos cálculos da STN, o gasto foi de 55,91% – portanto, acima dos 49% permitidos por lei.

A diferença está na inclusão do gasto com pessoal da Defensoria Pública e do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF). A manobra de contabilidade criativa fez o gasto com pessoal cair de 54% para 45,5% no fim de 2016, para que o governo escapasse da reprovação das contas.

COMENTÁRIOS

  1. A Politec também precisa estar presente neste contexto, porque ja faz 18 anos sem concurso publico para os cargos de papiloscopistas e técnicos em necropsia. O concurso foi homologado em Dezembro do ano de 2017 e nomearam menos que a metade dos aprovados. Contudo, a politec necessita de mais nomeaçoes para ambos os cargos, até porque existe bastantes cargos vagos.

  2. …depois de 18 anos sem concurso, gastasse muito dinheiro com o certame para não nomear servidores…
    Sem contar que existe vagas em aberto e a categoria está em defasagem muitos professionais estão prestes a aposentar e os que estão trabalhando alegam sobrecarga de serviço…
    GOVERNDOR…Nomeia os Classificados da POLITEC…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Estado de Mato Grosso não deve autorizar desmates na APA Cabeceiras do Rio Cuiabá
Parque Serra Azul registra terceiro foco de incêndio em 2018
Esposa é ameaçada pela ex-amante do marido em Sinop
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
“A eleição está chegando e já tem político tentando me calar nas redes sociais”, diz Taques sobre determinação judicial
Taques põe “panos frios” em críticas de Lucimar: “Várzea Grande sempre merece mais”
Mato-grossenses têm R$123 mi liberados de restituição do IR; consulte o lote
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Santander lidera queixas a bancos no trimestre, diz Banco Central
Fenabrave traz para MT debate sobre o cenário político do país
Saldo da balança do agro em junho é de US$ 8,17 bilhões
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Líder quilombola Nezinho teria sido agredido por policial durante festa tradicional em Mata Cavalo
Protagonista de “Todo Mundo Odeia o Chris” tem interesse em gravar um reboot da série
Confira o primeiro teaser de Doctor Who com Jodie Whittaker
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Por dia, 37 crianças são vítimas de intoxicação ou envenenamento
Chanceler brasileiro viaja para negociar acordo entre Mercosul e UE
Mais de 3,3 milhões de contribuintes recebem hoje restituição do IR
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Concursos públicos pagam salários até R$20 mil; confira lista
Prefeitura de Tapurah lança Concurso Público com mais de 90 vagas
Sine Municipal de Sinop disponibiliza mais de 70 vagas de emprego
X