|Terça-feira, 19 Março 2019
(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Filho manda matar o pai, mãe ajuda a acobertar e os dois são presos em velório

O pai foi encontrado na sala de sua residência semi-decapitado

COMPARTILHECOMPARTILHE

Um homem de 58 anos identificado como Adijalmo Alves da Silva foi assassinado na noite do último sábado (1º), dentro de sua casa, no Bairro Vila Esperança, em Marcelândia (710 km de Cuiabá). Um dia depois, durante o velório da vítima, seu filho, de 18 anos, e a esposa, de 51 anos, foram presos. O jovem, acusado de matar o pai, e a mulher acusada de acobertar o filho.

Adijalmo foi encontrado na sala de sua residência, semi-decapitado. Próximo ao corpo dele foram encontradas uma faca, com muito sangue, e uma enxada, ferramentas utilizadas no crime.

A Polícia Judiciária Civil de Marcelândia foi acionada e, em menos de 24 horas, resolveu o caso, identificando seis pessoas que participaram do crime.

A princípio, o filho e a esposa da vítima disseram que estavam na igreja no momento do assassinato, afirmando que teriam retornado meia-hora depois e encontrado Adijalmo já sem vida.

Porém, as investigações apontavam que o depoimento dos dois não batia com a cena do crime, visto que não havia sinal de arrombamento na casa e as armas que teriam sido utilizadas eram todas da própria residência. Além disso, ele teriam demorado para chamar a polícia – pois a perícia apontou que Adijalmo já estava morto algumas horas depois que as equipes chegaram à casa.

Os dois acabaram presos no velório da vítima e o filho confessou ter mandado matar o pai. Segundo a Polícia Civil, o jovem planejou o assassinato com sua companheira, uma adolescente de 17 anos. Os dois ainda contaram com a ajuda de mais dois adolescentes, que mostraram a casa onde o homicídio seria cometido ao executor, uma terceira pessoa que ainda não foi encontrada.

A esposa da vítima não estava na casa quando tudo aconteceu, porém, mesmo depois de saber a verdade, seguiu confirmando a versão do filho. O jovem, que é usuário de drogas, disse à polícia que teria mandado matar o pai porque os dois viviam se desentendendo devido ao suposto comportamento agressivo de Adijalmo com toda a família.

A esposa, o filho e a nora da vítima estão detidos na Delegacia de Polícia de Marcelândia. O suspeito de ser o executor, de 22 anos, está foragido.

Os dois adolescentes que teriam mostrado a casa ainda estão à solta, visto que suas participações ainda não foram totalmente elucidadas. Os três são primos da companheira do filho da vítima.

 

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Pista de bicicross avaliada em 60 mil dura menos de seis meses em Sinop
Servidores do Hospital Júlio Muller ameaçam greve devido à mudança na carga horária
Delegado alerta: exposição de informações na internet facilita golpes
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Empresa de coleta de lixo faz acordos com ex-empregados na Justiça do Trabalho
Mauro Mendes reconhece que críticas do agro são pertinentes
Vereadores da oposição decidem que um deles será candidato a prefeito de Cuiabá
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Festival Braseiro inicia venda de ingressos amanhã
Com taxação, custo da safra de milho aumenta 7,15% em MT
Aprosoja leva informação aos produtores durante feiras agropecuárias em MT
Artes Cênicas Artes Visuais Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia Literatura Música
Primeira imagem com visual completo de Geralt em The Witcher da Netflix acaba vazando
Roda-gigante do Lollapalooza chega a Cuiabá
Cinebiografia de Allan Kardec, pai do Espiritismo, ganha trailer; assista
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Mourão: reforma da Previdência criará confiança de que o país precisa
Para Bolsonaro, encontro com Trump abre “novas frentes de cooperação”
Ex-BBB Marcos Harter é investigado por comer em centro cirúrgico
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Confira 10 concursos com vagas abertas e salários que pagam até R$ 18 mil
Startup criada em MT ajuda pais e mães e a encontrarem a babá certa
Prefeitura de Cuiabá convoca mais aprovados em concurso da Educação
X