|terça, 19 Junho 2018

    Fifa vai apresentar novas condições para transferir dinheiro para a CBF

    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Fernando Frazão/Agência Brasil

    Sede da CBF

    A Fifa vai apresentar à CBF uma nova proposta de contrato sobre as condições para transferir ao País cerca de US$ 100 milhões (cerca de R$ 311 milhões) que havia prometido como legado da Copa do Mundo de 2014. Nesta quinta-feira, uma delegação da CBF se reunirá com a entidade máxima do futebol em Zurique. Mas a entidade brasileira admite que, apesar do novo contrato, dificilmente o dinheiro sairá neste ano.

    O Estado apurou em Zurique que advogados já deixaram claro para interlocutores da CBF que a entidade terá de esperar o processo criminal contra os cartolas do futebol terminar nos Estados Unidos, especialmente o caso contra José Maria Marin e o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero. Só então seria avaliado se os recursos poderão ser enviados.

    A CBF vinha tentando convencer a Fifa a liberar quase US$ 100 milhões para o futebol brasileiro. Mas já ouviu dos advogados da Fifa que dificilmente o caso seria resolvido antes dos processos nos tribunais de Nova York, em solo norte-americano.

    Ainda assim, a Fifa quer manter o debate e indicou que vai apresentar nesta quinta-feira uma proposta de acordo. A CBF, porém, quer saber o que vai constar do novo projeto. Um dos temores é de que a proposta retire responsabilidades da Fifa e as transfira para a entidade brasileira. Assim, ficaria explícito que, enquanto o caso de Marco Polo Del Nero não se resolva, o dinheiro não será depositado.

    Del Nero foi indiciado nos EUA por corrupção e advogados sugeriram à Fifa a não repassar recursos para a entidade brasileira enquanto o processo esteja em curso nos EUA. Outro argumento que também pesa é o fato de que a Fifa quer se apresentar no julgamento como vítima dos cartolas sob suspeita. Portanto, repassar o dinheiro a um deles poderia minar esta estratégia.

    TÉCNICOS – A questão do dinheiro não será o único ponto na agenda da reunião entre a CBF e a Fifa. Os brasileiros vão ainda pedir para a entidade reconhecer as licenças brasileiras aos treinadores, o que os permitiria atuar no exterior e inclusive na Europa.

    A CBF acusa a Uefa de criar uma “reserva de mercado” ao impedir o reconhecimento dos certificados brasileiros. Por isso, a CBF tem buscado o reconhecimento na África e na Ásia, na esperança de criar uma pressão sobre a Fifa. A CBF admite que pode ter de realizar algumas adaptações para atender ao “padrão Fifa”. Mas quer, pelo menos, abrir essa brecha.

    Para completar, a CBF ainda vai debater a necessidade de a Fifa reconhecer a Copa América de 2019 no Brasil no calendário internacional, o que permitiria à entidade convidar seleções europeias para o evento. O projeto é de ter 16 seleções: dez sul-americanas, além de México, EUA, China, Japão e duas europeias.

    Por fim, a CBF ainda tratará de pendências jurídicas que ainda existem com o Comitê Organizador da Copa de 2014. Por conta de processos na Justiça, a entidade até hoje não foi fechada.

    (Com Agência Estado)

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Cidadãos armados enfrentam criminoso e evitam um possível massacre em loja do Walmart de...

    Jovem encontra ex assistindo a Copa com outro e parte para cima dela com...

    Armas para todos!

    Jovem bate em namorada e tenta atropelá-la de caminhão por ela o mandar tomar...

    Polícia Militar, Civil e até Exército são acionados por causa de confusão em festa

    Bairro Cuiabá História Municípios Policia
    Colégio de Presidentes da OAB-MT cobra da PGE transparência na programação do pagamento de dativos
    O que está por trás da “estadualização” do Parque Nacional de Chapada?
    Inscrições para prêmio mundial em educação estão abertas
    Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
    TCE cita atrasos aos municípios mas dá parecer favorável às contas de Taques
    Redes sociais terão que informar publicações impulsionadas por pré-candidatos
    Taques se perdeu em algum ponto do caminho que começou em 2015
    Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
    Retirada da vacinação contra a febre aftosa é tema de encontro em Cuiabá
    Tangará da Serra recebe pacote de investimentos em todas as áreas
    CNA e governo vão atuar na prevenção e no combate à criminalidade no campo
    Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
    Roupa Nova confirma show em Cuiabá no dia 20 de julho; ingressos à venda
    Concerto gratuito reúne coral infanto-juvenil e orquestra de câmara na UFMT
    Cuiabá recebe, em 23 e 24 de junho, primeira Mostra de Dança Infantil
    Corrupção Economia Eleições Estados Política
    Seleção brasileira começa a se preparar para enfrentar a Costa Rica
    Obesidade atinge quase 20% da população brasileira, mostra pesquisa
    Prédios de nove delegacias serão inaugurados pela Polícia Civil
    Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
    Por até R$ 23 mil, concurso da Polícia Federal oferece 500 vagas
    Senai Distrito Industrial abre 590 vagas em cursos com início das aulas em junho e julho
    ONG que promove desenvolvimento jovem internacional abre seleção para membros
    X