|Segunda-feira, 18 Fevereiro 2019
(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Estudo aponta para necessidade de fechar delegacias em MT

Unidades não podem funcionar com menos que quatro policiais, diz delegado geral

COMPARTILHECOMPARTILHE

O baixo efetivo e a consequente necessidade de fechamento de unidades da Polícia Judiciária Civil (PJC) no interior de Mato Grosso é um dos assuntos que serão apresentados ao governador Mauro Mendes (DEM) nos próximos dias. Um estudo apontando a quantidade e locais dessas delegacias já foi elaborado e tem sido defendido pelo Sindicato dos Delegados de Polícia (Sindepo).

A afirmação é do delegado geral da PJC, Mário Dermeval Aravechia de Resende, que concedeu entrevista na manhã de sexta-feira (8) à TV Centro América. Segundo ele, algumas delegacias têm funcionado com efetivo menor que o mínimo necessário para a escala de plantão (quatro policiais).

A assessoria da PJC informou que a cidades que podem perder delegacias não serão divulgadas por enquanto. O estudo vem sendo tratado como um “raio x” da atual situação da polícia.

De acordo com o delegado geral, Mato Grosso conta atualmente com 3.023 policiais civis, o que é um efetivo é maior do que em 2013, quando tinha 2.215. Entretanto, a quantidade de policiais por habitante reduziu. Há seis anos, havia um policial para cada 14 mil mato-grossenses, hoje, cada policial precisa atender 15 mil pessoas.

“Vou citar um exemplo: Lucas do Rio Verde. É uma cidade pequena que foi crescendo e, em 10 anos, triplicou de tamanho. Ela sempre teve só um delegado e continua só com um delegado”, afirmou.

A polêmica sobre a reforma da Previdência também tem contribuído para uma redução do efetivo, segundo Resende. Ele diz que delegados que já têm tempo de serviço o suficiente para se aposentar, mas que continuavam trabalhando, agora estão acelerando o processo de aposentadoria.

Paralelo a isso, o decreto da calamidade financeira no governo impede a realização de concurso público. O documento foi assinado pelo governador Mauro Mendes (DEM) logo no início da gestão.

“Temos 15 delegados tomando posse agora, só que eles não serão suficientes. Nos próximos dois anos, temos a previsão de 200 aposentadorias na Polícia Civil. Com essa reforma da Previdência, a perspectiva é que 15 delegados se aposentem até o final do ano”, disse.

Infraestrutura

Atualmente, a Polícia Civil tem 162 unidades em funcionamento no Estado. Outras 25 já estão fechadas, segundo o delegado geral, por conta da falta de pessoal. “Fui delegado na fronteira e fechei uma unidade em Glória D’Oeste, porque tinha um baixo efetivo. Hoje, o efetivo está mais prejudicado ainda. Não tem como mantermos unidades sem gente”.

Também falta dinheiro para a manutenção dos prédios. Conforme Resende, as melhorias feitas em 40 unidades no ano passado foram graças a parcerias com os Poderes Legislativo e Judiciário, Ministério Público e prefeituras. Agora, a diretoria da PJC pensa em meios de buscar recursos federais.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Entidade ligada à ONU oferece R$ 235 mil para desenvolver Centro Histórico
Líder comunitário faz “filme” sobre o Pedra 90 pedindo agência bancária
Cuiabá 300 Anos: Influenciadoras digitais fazem tour por bairros tradicionais
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Advogada é impedida de acessar processo e OAB move ato público em Sinop
TJMT mantém condenação de vice que falsificou assinatura de prefeito
MPE investiga professora que teria apresentado diploma falso para conseguir aulas
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Madeireiros passam a conviver com período de “piracema” florestal
Produção orgânica e a um preço mais em conta: conheça a Horta Terra Estrela
Mourão, sobre infraestrutura: “Fácil não é; se fosse fácil não seria para nós”
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Cuiabá ganha SPA conceito com a assinatura de Guilherme Bravo
Artista plástico de Poxoréu muda o cenário da cidade
Músicos se apresentam em sala de espera enquanto pacientes aguardam por exames
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Manifestantes pedem Justiça após morte de jovem por segurança
Bombeiros localizam mais dois corpos em Brumadinho
HQs brasileiras ganham visibilidade e prêmios no exterior
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Prefeitura convoca novos profissionais para creches
MT dobrou número de novos empreendedores em apenas 5 meses
Convocados para vagas de Profissionais Técnicos da Unemat tem até terça para assinar contrato
X