|Terça-feira, 26 Março 2019

Cresce número de registros de produtos biológicos para uso agrícola

No ano passado, o Mapa autorizou o uso de 52 novos defensivos de baixa toxidade. Alguns podem ser usados na agricultura orgânica

COMPARTILHECOMPARTILHE

Em 2018 o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) bateu o recorde no registro de defensivos de baixa toxicidade: 52 novos produtos de um total de 450 registrados. Estes agrotóxicos de baixa toxicidade – menos nocivos à saúde humana – são aqueles que contém organismos biológicos, microbiológicos, bioquímicos, semioquímicos ou extratos vegetais, e podem até mesmo ser usados na agricultura orgânica.

Em 2017 foram registrados 40 produtos de baixa toxicidade somando 405 registrados; em 2016 foram 39 biológicos e 277 no total. “A variedade de produtos beneficia muitas culturas, pois a maior parte deles são registrados para um ou mais alvos biológicos, independente da cultivar onde estas pragas são encontradas”, explica o chefe da Divisão de Registro de Produtos Formulados da Secretaria de Defesa Agropecuária, Bruno Cavalheiro Breitenbach.

Segundo Breitenbach “o recorde de registro de produtos menos tóxicos é resultado da política adotada pelo governo federal de priorizar a análise dos processos de registro destes produtos”. Ele disse ainda que há uma maior demanda dos produtores rurais brasileiros por alternativas menos agressivas ao meio ambiente e ao consumidor.

Com a nova política de priorizar os produtos biológicos, a demora para o registro destes produtos foi reduzida drasticamente. Atualmente o tempo médio entre o pedido de registro pelo interessado e a conclusão do processo varia de três a seis meses.
Atualmente existem 1.345 pedidos de registro de agrotóxicos em análise no Mapa. Além do Ministério também analisam os pedidos os Ministérios da Saúde, do Meio Ambiente e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Vespas

Exemplos de defensivo biológico são algumas espécies de vespas ou fungos que ao serem liberados nas lavouras atacam unicamente as lagartas que causam danos às culturas. O produtor brasileiro pode então dispensar o uso de produtos químicos para travar uma guerra biológica com as pragas, onde quem ganha é o bolso do produtor, a sociedade e o meio-ambiente.

Na avaliação de Breitenbach o mercado dos produtos biológicos tende a aumentar pois têm sido observados volumes cada vez maiores de investimentos em pesquisa e desenvolvimento, bem como um aumento do número de empresas que atuam neste segmento.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Homem é preso após publicar comentários ofensivos contra policiais e servidores de prefeitura
Em Brasília, Mauro Mendes pede celeridade a ministro em medida de socorro aos Estados
Bombeiros e cães de MT são enviados para buscas em Brumadinho
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Gallo reconhece que novo empréstimo poderá custar até 90 milhões de dólares a mais para o Estado
Em Brasília, Mauro Mendes pede celeridade a ministro em medida de socorro aos Estados
ANP publica pré edital do 16º leilão de petróleo e gás
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Conab apresenta restruturação a parlamentares da FPA
Projeto Paisagens Rurais fortalece práticas agrícolas no Cerrado
Cuiabá recebe seminário sobre feijão e pulses
Artes Cênicas Artes Visuais Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia Literatura Moda Música
Peter Dinklage, de Game of Thrones, deve estrelar live-action de Tom e Jerry
Batman ganhará maratona na Warner Channel em comemoração aos seus 80 anos
Diretor de Nós recomenda três episódios clássicos da série original Além da Imaginação
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Vice-líder aposta que crise entre Governo Bolsonaro e Câmara acabará em breve
Dívidas com a União passam de R$ 2 trilhões; 44% são irrecuperáveis
Governo fará combate ao crime junto com estados e municípios
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Concursos: mais de 500 vagas com salários até R$ 17,5 mil estão abertas
Confira 10 concursos com vagas abertas e salários que pagam até R$ 18 mil
Startup criada em MT ajuda pais e mães e a encontrarem a babá certa
X