|Segunda-feira, 18 Fevereiro 2019
(Foto: Suellen Pessetto/ O LIVRE)

Range Rover dirigida por juiz atinge outros 12 carros em frente a boate em Cuiabá

Ele teria se recusado a fazer o bafômetro no local e atribuído a batida aos freios do veículo que teriam “travado”

COMPARTILHECOMPARTILHE

Um acidente na madrugada deste domingo (20) envolveu, ao todo, 14 carros, sendo 13 deles atingidos pela Range Rover do juiz Flavio Miraglia, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

As batidas em série aconteceram na Avenida Beira Rio, em frente à boate Musiva, em Cuiabá. No local, onde acontecia o show da dupla Maiara & Maraisa, juiz teria se recusado a fazer o teste do bafômetro, mas, segundo a PM, não apresentava nenhum sinal de embriaguez.

A reportagem do LIVRE acompanhou a movimentação instantes depois da batida.

Miraglia contou que os freios do carro teriam travado – e ele perdeu o controle do veículo. Ele disse que desceu do carro para olhar o que tinha acontecido, voltou ao interior para acionar o seguro, mas no tumulto, segundo ele, teve seu celular furtado.

Aparentando estar consciente, ele esperava pela chegada da perícia enquanto conversava com os motoristas que tiveram seus carros atingidos. Ninguém se feriu no acidente.

O juiz havia saído de uma outra casa de festas na Capital, na região do Centro.

Relato da PM

Acionados via Ciosp, policiais militares chegaram no local do acidente para atender ocorrência em que uma Range Rover havia se chocado com vários veículos que estavam trafegavam e outros que estavam estacionados na via.

À PM, o juiz relatou que estava trafegando pela Beira Rio, quando o veículo perdeu o freio e o volante travou. Ele avaliou que poderia ser o caso de uma pane elétrica ou mecânica. Foi então que veio a colidir com os veículos.

Feita a checagem do veículo, policiais constataram que o licenciamento estava regular e no registro da ocorrência, os policiais relataram que ele não aparentava sinais de embriaguez.

Miraglia, segundo Boletim de Ocorrência, fez acordo com os proprietários dos veículos, pagando todos os danos.

Foram atingidos um Prisma de cor preta, um Ford Ka vermelho, um Onix preto, um gol branco, um Chrysler Cruiser prata, dois celtas brancos, um Renegade e por fim, outro Ford Ka. Os motoristas destes veículos, estavam no local do acidente e foram orientados a registrarem boletim de acidente de trânsito no Batalhão de Trânsito, como consta em BO.

O juiz, por sua vez, acionou o guincho para levar cinco veículos envolvidos que não possuíam condições de trafegar, pagando R$ 750 pela remoção deles.

Segundo registro dos policiais militares, não foi possível fazer acordo com os proprietários de um Renault Clio prata, um Renault Logan cinza e um Prisma branco, pois os proprietários dos carros não se encontravam no local do acidente. Diante dos fatos, a guarnição se deslocou até a Central de Flagrantes para registro da ocorrência.

Confira vídeo:

COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de informar para ALGUEM que audiencia de custodia é para quem comete crime com prisão em flagrante! Agora me diga, se tem veiculo SEM vitimas e ele está prestando todo o auxilio é crime em q local do mundo?? Desinformado querendo dar uma de sabe tudo!

  2. Ele se recusou a fazer o teste de bafômetro??????
    Oque diz a lei para qualquer cidadão que se recusa fazer teste de bafômetro?
    Não está correto isto, quanto os policiais ganharam para dizer que ele não apresentava sinais de embriaguez???? Deve ser investigado isto.
    Antes de comentar, veja oque diz a lei, referente ao se recusar a fazer o teste de bafômetro.

  3. É claro que ele deve ter bebido alguma coisa. Ele mesmo disse que estava vindo de uma outra casa noturna. Hoje beber um copo que seja, o bafômetro já acusa. Pela lei a tolerância é pra ser zero. Ninguém é obrigado a fazer o teste, cabendo neste caso à autoridade policial utilizar de outros meios para identificar se há sinais de embriaguez do condutor.

  4. Todos julgando o juiz e até dizendo que os policiais foram subornados, de a cordo com a lei para o sabidoes todos tem o direito de negar fazer o teste de bafômetro não é crime oque podo ocorrer de ser conduzido e se caso apresente sinais visíveis de embreagues a sim são tomadas as medidas legais, e caia a nois quem nunca dirigiu depois de ter bebido um latinha q seja, sei que não é o correto mas vamos parar demagogia ou lição de moral, o cara manteve no local e prestou todo o socorro possível, diferente de muitos que até sã fogem do local sem ao menos prestar socorro, ele tem dinheiro sim, é uma pessoa bem estrutura e estudou muito pra estar onde estar, e pela a atitude dele em primeira demonstra ser uma pessoa com principios, então antes de julgarmos vamos parar e pensar nas nossas ações e respeitar o trabalho dos PM,S. Se tiver qualquer ato de desvio de conduta cabe a justiça verificar não a nós ficarmos acusando as pessoas, blasfêmia é crime cabendo prisão e danos Morais. Obrigada.

  5. Tudo começa pelo exemplo. Uma autoridade se nega a realizar o teste do bafômetro, isto noticiado em mídia local. O que acham que o resto da população vai fazer? De a “A” à “Z” temos que mudar a cultura e educação deste país, e eu me incluo, ainda tenho vícios a serem quebrados. São todos os tipos de irregularidades a todo momento, viaturas sem sirene rodando muito acima da velocidade nas ruas, carros da PRF realizando ultrapassagens nas estradas em faixa dupla sem nenhuma emergência. Nós criamos, ou deixamos criar o conceito das autoridades acima da lei, pessoas inatingíveis, inimputáveis, onde sempre aparecem alguns que se acham acima de tudo. Não são os políticos que vão resolver os nossos problemas, primeiro devemos mudar a nós mesmos e passar a respeitar a leis, começando pelos de cima… Assim vamos respeitar muito mais as autoridades…..

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
MTI e Detran selam termo de compromisso para modernizar sistemas tecnológicos
Denunciada por estudantes, suspeita de fraude nas cotas da UFMT é investigada pelo MPF
Pacientes não conseguem retirar medicamentos na Farmácia de Alto Custo
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Ulysses indica juiz à vaga de conselheiro e defende critérios para escolha
MPE vai investigar a distribuição de medicamentos em Cuiabá
Audiências com delatores da Rêmora são adiadas na Sétima Vara Criminal
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Madeireiros passam a conviver com período de “piracema” florestal
Produção orgânica e a um preço mais em conta: conheça a Horta Terra Estrela
Mourão, sobre infraestrutura: “Fácil não é; se fosse fácil não seria para nós”
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Cine Teatro Cuiabá recebe espetáculo sobre conscientização ambiental e patrimônio público
Cuiabá ganha SPA conceito com a assinatura de Guilherme Bravo
Artista plástico de Poxoréu muda o cenário da cidade
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Bolsonaro irá ao Congresso entregar texto da reforma da Previdência
“Melhor programa de governo a ser seguido por um filho é não atrapalhar o pai”
Fiscalização apreende 104 celulares e drogas em presídio de Campos
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Prefeitura convoca novos profissionais para creches
MT dobrou número de novos empreendedores em apenas 5 meses
Convocados para vagas de Profissionais Técnicos da Unemat tem até terça para assinar contrato
X