|Segunda-feira, 18 Fevereiro 2019
(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Até 30 categorias podem paralisar as atividades nesta terça-feira em MT

Em Cuiabá, movimento começou tímido, mas servidores prometem atos em frente à AL e o governo

COMPARTILHECOMPARTILHE

A manhã desta terça-feira (12) iniciou com a paralisação das atividades de centenas de servidores públicos. O movimento chama a atenção para a alegada falta de diálogo por parte do governo do Estado na aprovação do pacote de medidas financeiras que, entre outras coisas, prevê a suspensão do pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) e de progressões de carreira por tempo determinado.

Além disso, o parcelamento das folhas salariais também tem sido motivo de descontentamento entre os servidores. Nesta segunda-feira (11), o governo depositou até R$ 5,2 mil para funcionários da ativa e aposentados. Quem ganha acima deste valor, deve receber mais uma parcela no dia 14 e a última no dia 25 de fevereiro.

Até o fim da manhã desta terça, servidores da Saúde, Educação, Meio Ambiente, Procon e parte da Segurança Pública estavam de braços cruzados. Algumas categorias, como a própria Segurança Pública e o Sistema Penitenciário, no entanto, ainda devem realizar assembleias para decidir a adesão ao movimento, já que parte do efetivo deve manter-se trabalhando normalmente.

Na Saúde, 100% dos servidores administrativos e 70% dos eletivos aderiram a greve, segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso (Sisma), Oscarlino Alves. Dependendo da adesão ao movimento, o dirigente sindical não descarta a possibilidade de uma greve unificada.

Oscarlino relembrou o movimento realizado em 2016,  A tendência é de que as categorias se reúnam para definir os próximos passos do movimento.

“Vamos medir os ânimos dos servidores. Quem determina é a base, se vai ter aderência ou não”, destacou, lembrando a paralisação de 2016, durante a gestão Pedro Taques (PSDB), quando servidores também reivindicavam o pagamento da RGA. Na época, a greve durou aproximadamente um mês.

Início tímido

Em Cuiabá, as manifestações dos servidores começaram tímidas. A programação previa uma concentração, no período da manhã, em frente ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT). As categorias deveriam fazer uma panfletagem sobre a demanda exigida.

A reportagem do LIVRE esteve no local por volta das 10h e o ato ainda não havia começado. No ponto de encontro, alguns poucos servidores se reuniam ao lado de um carro de som.

O movimento, porém, deve ganhar força na parte da tarde. Os manifestantes prometem uma caminhada pelo Centro Político, rumo ao Palácio Paiaguás, sede do governo. Eles também devem ir até a Assembleia Legislativa, onde haverá sessão plenária.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Entidade ligada à ONU oferece R$ 235 mil para desenvolver Centro Histórico
Líder comunitário faz “filme” sobre o Pedra 90 pedindo agência bancária
Cuiabá 300 Anos: Influenciadoras digitais fazem tour por bairros tradicionais
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Advogada é impedida de acessar processo e OAB move ato público em Sinop
TJMT mantém condenação de vice que falsificou assinatura de prefeito
MPE investiga professora que teria apresentado diploma falso para conseguir aulas
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Madeireiros passam a conviver com período de “piracema” florestal
Produção orgânica e a um preço mais em conta: conheça a Horta Terra Estrela
Mourão, sobre infraestrutura: “Fácil não é; se fosse fácil não seria para nós”
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Cuiabá ganha SPA conceito com a assinatura de Guilherme Bravo
Artista plástico de Poxoréu muda o cenário da cidade
Músicos se apresentam em sala de espera enquanto pacientes aguardam por exames
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Manifestantes pedem Justiça após morte de jovem por segurança
Bombeiros localizam mais dois corpos em Brumadinho
HQs brasileiras ganham visibilidade e prêmios no exterior
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Prefeitura convoca novos profissionais para creches
MT dobrou número de novos empreendedores em apenas 5 meses
Convocados para vagas de Profissionais Técnicos da Unemat tem até terça para assinar contrato
X