13 de dezembro de 2017 - 11:41

Ocupação cultural da Mandioca terá programação diversa e gratuita

Durante toda a programação, o espaço será ocupado por uma feira de moda, artesanato e literatura

Maria Clara Cabral

, da Redação

Divulgação

Arte e Cultura na Mandioca
 

Neste sábado (16), um evento realizado pelo Ponto de Cultura Casa Silva Freire agita a Praça da Mandioca com programação intensa das 16h às 22h. Versátil e popular como o poeta que dá nome à casa, a terceira edição do Arte e Cultura na Mandioca terá literatura, moda, artesanato, gastronomia, cinema, oficinas e muito mais.

As atividades se concentram na rua 12 de Outubro, esquina com a Pedro Celestino e, durante toda a programação, o espaço será ocupado por uma feira de moda, artesanato e literatura que visa valorizar as criações autorais, além da comercialização e troca de livros novos e usados, com destaque para a literatura mato-grossense.

Divulgação

arte e cultura na mandioca

Fusca Sebo será uma das participações na feira literária do Arte e Cultura na Mandioca

E para se deliciar, uma feira gastronômica reúne opções que vão desde sorvete do Matteo Gelato Criativo às comidas típicas de Rosa Pavão, além de lanches, doces e bebidas, como a Cervejaria Louvada. Para incentivar o consumo consciente e saudável, a Cooperativa Agropecuária Mista de Santo Antônio do Leverger (Coopamsal) também marca a presença com produtos orgânicos e naturais.

Mas a programação também transborda o espaço e toma as ruas com pintura, xilogravura, grafite, lambe-lambe, performances e instalações. As intervenções são dos artistas Adriano Figueiredo, Ruth Albernaz, Imara Quadros, Wers Gravaluz e Zeilton Mattos.

Divulgação

arte e cultura na mandioca

Arte e Cultura da mandioca também terá moda, artesanato e intervenções artísticas

E nessa mistura de linguagens, cinema ao ar livre não pode faltar. Serão projetados os filmes “O Poder da Palavra”, de João Manteufel e um videodoc sobre o Arquivo Público que preserva muitas das memórias de Mato Grosso. Na ocasião, os videoart e videodoc, resultados de oficinas ministradas pela cineasta Juliana Segóvia e os artistas Estela Ceregatti e John Stuart, serão apresentados pela Emeb Silva Freire, escola contemplada pelo Prêmio Destaque Professores Brasil 2017, do Ministério da Educação.

E para imaginar, realizar e debater, a ação também será espaço de formação para todas as idades, com roda de conversa sobre “Arte e Censura”, às 18h, e duas oficinas paralelas, às 16h. São elas: “Meu amigo Monstrinho” que visa provocar o imaginário da criançada, estimulando a criação de seus monstrinhos confeccionados com feltro, lã e cola; e a oficina “Metamorfoses no Cerrado” que debaterá a cultura afroindígena e será ministrada por Verone Cristina Silva.

Reprodução

teatro lambe lambe

Teatro lambe-lambe para todas as idades

Segundo Larissa Freire, diretora da Casa Silva Freire, a ação ocorre na capital desde 2015 e objetiva uma ocupação inteligente e criativa de um dos locais mais frequentados do Centro Histórico de Cuiabá. O evento conta com apoio da Bendito Mercado e busca a diversidade cultural como expressão simbólica e atividade econômica.

As atividades ainda encerram com teatro, dança e apresentações musicais da banda ‘O Mormaço Severino”, de Cáceres. Terá muita criatividade e música latina!

Confira a programação completa:

17h – Leituras Poéticas por crianças da Emeb Silva Freire
17h30 – Teatro Lambe-Lambe: Agustino Peixe Grande - Raquel Mutz
18h – Teatro Lambe-Lambe: O Canto da Sereia - Millena Machado
19h – “Um passarinhar de leituras”: Conversas com escritor@s em Mato Grosso
20h15 - Espetáculo “A AVE” – Diamond Dance Crew
20h – Performance “Cardápio Literário - Luiz Renato
20h45 - Performance “Maria da Vila Matilde”- Solta Cia de Teatro
21h - Banda “O Mormaço Severino” - Cáceres
22h – Música Latina 2017: Colômbia

Leia mais